Servidores federais perto de acordo sobre reajuste salarial

O governo federal apresentou na última sexta-feira (10) uma nova proposta de reajuste salarial aos servidores públicos do Poder Executivo. A proposta inclui um aumento de 9% a partir de maio deste ano e um aumento de R$ 200 no auxílio-alimentação, que atualmente é de R$ 458. O Ministério da Gestão e da Inovação em…

O governo federal apresentou na última sexta-feira (10) uma nova proposta de reajuste salarial aos servidores públicos do Poder Executivo. A proposta inclui um aumento de 9% a partir de maio deste ano e um aumento de R$ 200 no auxílio-alimentação, que atualmente é de R$ 458. O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos propôs esses termos aos representantes dos servidores em uma reunião.

Os representantes dos servidores fizeram “o possível” para obter o maior percentual de reajuste, de acordo com o presidente do Fonacate, Rudinei Marques. “Entendemos que fizemos o possível, estendemos a corda no limite. Agora fica a decisão com as nossas bases”, declarou ele ao fim da reunião.

A proposta foi bem recebida pelos representantes dos servidores, segundo apurou a CNN. No entanto, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Assistência Social (Fenasps) não ficou satisfeita com a oferta, que reivindicava um reajuste de 27%, valor equivalente ao acúmulo da inflação nos últimos quatro anos.

A proposta original do governo era de um reajuste de 8,4% a partir de abril, que foi prontamente rejeitada pelos servidores. Depois que os representantes dos servidores se posicionaram contra o aumento, o percentual foi aumentado para os 9% oferecidos.

Além do aumento salarial, a proposta do governo também inclui um reajuste de 46,6% no vale-alimentação, o que aumentaria o benefício de R$ 458 para R$ 658. A decisão final sobre a proposta do governo será tomada pelos servidores públicos após a formalização dos termos pelo governo federal no início da próxima semana.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *