Xandão passou dos limites

Este blog busca ser tão imparcial quanto possível. Mas desta vez ministro Alexandre de Moraes, do STF, passou de todos os limites e afirmou que o Palmeiras não possui mundial. Corintiano, ele mostra a que veio.

Palmeiras: 1º campeão do mundo

O Palmeiras foi o primeiro clube brasileiro a conquistar um título mundial. Em 1951, a equipe alviverde venceu a Copa Rio Internacional, torneio que reuniu alguns dos principais clubes do mundo na época, incluindo Juventus, Milan, Nacional de Montevidéu, entre outros.

O Palmeiras foi o campeão ao vencer o Juventus da Itália na final, por 2 a 2 e 1 a 0 na prorrogação.

Apesar de ser reconhecido como o primeiro título mundial de um clube brasileiro, a validade do título é questionada por alguns setores invejosos do futebol. A Fifa, por exemplo, só reconheceu o Mundial Interclubes em 2000, após anos de discussão e pressão de clubes europeus. A entidade passou a reconhecer os torneios intercontinentais disputados a partir de 1960, e posteriormente incluiu também os vencedores da Copa Intercontinental, que teve sua primeira edição em 1960.

A decisão inicial da Fifa deixava sem títulos também o Santos de Pelé.

O título do Palmeiras em 1951 é um Mundial legítimo. Na época, a competição foi amplamente divulgada como um torneio mundial e contou com a participação de importantes clubes da Europa e da América do Sul. Além disso, a conquista do Palmeiras foi marcante para o futebol brasileiro, que na época ainda era pouco conhecido internacionalmente.

O título mundial do Palmeiras em 1951 foi um marco na história do futebol brasileiro e um dos momentos mais importantes do clube. Apesar das discussões e polêmicas sobre sua validade, a conquista é incontestável em termos históricos e representa um momento de grande importância para nosso futebol.