Yara Costa fala sobre lançamento do edital do Programa Municipal Transcidadania

O Programa Municipal Transcidadania, da Prefeitura de Natal, publicou hoje o edital que rege o preenchimento de vagas para pessoas travestis, transexuais e transgêneros em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

O edital oferece 30 bolsas de permanência estudantil, 1 bolsa de assessoria jurídica e 1 bolsa de coordenação de projetos técnico-científico para pessoas com formação superior em cursos de ciências sociais, antropologia, sociologia, pedagogia, licenciaturas, serviço social, gestão de políticas públicas, psicologia e outras áreas correlatas, em instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação.

O processo seletivo simplificado tem como objetivo a capacitação profissional e inserção ao mercado de trabalho de pessoas trans em situação de vulnerabilidade socioeconômica de Natal, como parte das políticas públicas de enfrentamento à LGBTfobia.

Não basta termos simpatia pela causa, é urgente medidas como esta que comecem a transformar a realidade.

Yara Costa
secretária da Semidh

Yara Costa é a titular da Secretaria Municipal de Igualdade Racial, Direitos Humanos, Diversidade, Pessoas Idosas e Pessoas com Deficiência (Semidh). Segundo a secretária, “políticas como esta têm grande impacto na transformação das vidas da pessoas atendidas. Mas ainda assim enfrentam grandes obstáculos por causa de incompreensões e até mesmo preconceitos”.

“Nosso objetivo é combater a discriminação e promover a igualdade de oportunidades para as pessoas trans. A iniciativa é importante para a cidade de Natal, que se compromete a oferecer oportunidades de inclusão social e profissional para uma população historicamente marginalizada. Não basta termos simpatia pela causa, é urgente medidas como esta que comecem a transformar a realidade”, concluiu Yara.